FASCINANTE

21/04/2018

UMA HISTORIA DE AMOR VIRTUAL

"Qualquer semelhança com fatos acontecidos, ou com pessoas vivas ou mortas, será mera coincidencia..."

UMA HISTORIA DE AMOR VIRTUAL
Marcial Salaverry 

Através da Internet, tem surgido muitos casos de amor. Para alguns, estranhos amores. Para outros, amores autênticos.
Pessoas que não se conhecem fisicamente, apaixonam-se por detalhes, que acabam exercendo um certo poder de atração. Por textos escritos, por fotos, por conversas via telefone.
Sempre existe algum perigo nisso. Quem garante que os textos cheios de sedução são escritos mesmo pela pessoa com quem se fala? Ou que as fotos trocadas são realmente das pessoas que estão se namorando? Ou mesmo com quem se fala pelo telefone. Já houve de casos de homens que se fizeram passar por mulher, e vice versa...
Possivelmente os casos de desengano, superam os casos que deram certo. Sim, porque já houve diversos casos que deram muito certo, pois sempre houve sinceridade desde o início, quando ninguém se fantasiou de nada.
Mas a virtualidade pode encobrir muitos defeitos. Ou não. Tudo depende de se usar ou não de uma sinceridade absoluta.
Eunice, vivia um casamento aparentemente bem sucedido. Trazia consigo algumas mágoas devido certos deslizes de seu marido, que sempre procurava esquecer, para não criar nenhuma área de atrito, devido aos filhos do casal.
Mas não era totalmente feliz. Sempre tinha na lembrança os aborrecimentos causados pelas atitudes levianas de seu companheiro. Sentia-se muito só.
Encontrou nas salas de chat um lenitivo para algumas noites solitárias. Começou a fazer algumas amizades, simples bate papo. Porém, encontrou Rodolfo. Aconteceu aquela coisa mágica entre ambos. Sentiram-se atraídos.
Eunice de repente descobriu-se apaixonada. Inexplicavelmente começou a sentir-se atraída por Rodolfo. A atração foi mútua. Ela chegou a descobrir uma insuspeitada vocação para escrever . O amor que começara a sentir, despertou sua veia poética. O mesmo aconteceu com Rodolfo, e a troca de românticos poemas serviu para aumentar a atração entre ambos.
Para Eunice, existe um obstáculo quase intransponível,  seu casamento, seus filhos... Como fazer? Parece não fazer muito sentido deixar uma vida estabilizada, embora não totalmente feliz, por uma aventura de sabe-se lá quais consequências, e há ainda que se levar em consideração a distância que os separa.
Para Eunice é praticamente impossível ir ao encontro de seu possível amor, principalmente devido aos laços familiares. 
Para Rodolfo, poderia ser, na teoria, mais fácil, mas seria uma mudança total e completa de vida, o que sempre representa um enorme contratempo, para quem já tem raízes em seu lugar de origem, apesar de ser viúvo já há algum tempo.
Esta é uma história de amor que fatalmente não terá fim feliz. Deverá permanecer apenas nos sonhos "internéticos", pois será quase impossível que eles consigam se reunir.
Acima de todas as dificuldades já citadas, de distancia, laços familiares, ainda há que se ressaltar um outro fator que muitas vezes faz com que os conhecimentos virtuais não tenham futuro. Chama-se CONVIVÊNCIA.
Quem poderá garantir que essas pessoas que descobrem amar-se virtualmente terão uma boa convivência uma vez reunidos?
São tantos fatores que podem determinar uma incompatibilidade entre ambos, que penso não ser necessário citá-los. São aquelas manias e costumes que todos temos.
Isso tem que ser muito bem pensado e analisado antes de se tomar atitudes precipitadas.
Jogar para o espaço uma vida estabilizada para tentar uma aventura não me parece ser o mais lógico. Enfim, cada qual deve sempre saber de sua vida.
Para Eunice, fica um pensamento final, será que esse amor virtual irá superar as barreiras que separam a virtualidade da realidade? Uma coisa é a beleza de lindas palavras e poemas trocados. Outra coisa é a verdade nua e crua da vida, da convivência, com seus cheiros e manias, salvo se sua vida familiar estiver mesmo em seu limite de tolerância.
Cada caso é um caso. A regra geral sempre é muito perigosa para ser citada.
Vamos torcer para que Eunice e Rodolfo, ou Eunice e Aloisio encontrem seu caminho, encontrando assim, a felicidade tão ardentemente desejada.
Com esse pensamento, desejo que não somente os heróis de nossa história, que é um depoimento feito por uma pessoa que por razões óbvias deseja o anonimato, mas que todos, tenhamos UM LINDO DIA.


"Amores virtuais,
ou amores reais...
Quais os amores normais?
Marcial Salaverry"

20/04/2018

DETALHES NO AMOR

DETALHES NO AMOR
Marcial Salaverry

São pequenos detalhes,
despertando emoções de amor,
dando para a vida mais calor...
Aquele café da manhã,
quebrando uma rotina,
já é algo que desatina...
Detalhes a serem acertados...
Beijos a serem trocados...
Carinhos a serem feitos,
embalando amores perfeitos...
O amor desperta tantas emoções,
mexendo com enamorados corações...
Sendo muito desejado,
quando se está apaixonado...
Assim, num rumo certo,
haverá o encontro, decerto...
Encontro dos sentimentos,
do amor sem quaisquer lamentos...
Amor a ser vivido com carinho,
e pode anotar no caderninho,
seja no verão ou no inverno,
e quem não gostar, que vá para o inferno...

 Marcial Salaverry
Homenageando Roberto Carlos

PARA BEM AMAR É PRECISO SABER AMAR

Para bem entender e bem viver o amor, é preciso saber amar...
Ósculos e amplexos,
Marcial
PARA BEM AMAR É PRECISO SABER AMAR
Marcial Salaverry

Realmente é preciso saber amar, para poder bem amar, pois é preciso entender que devemos ser capazes de  dar aquilo que não sabemos que possuimos, que é o verdadeiro sentimento do amor, que só será descoberto quando começarmos a amar alguém, e assim, para conseguir dar amor, temos que ter o amor em nosso coração, pois ninguém conseguirá  transmitir aquilo que não sabe ter, ou que não sabe sentir.

Então, para poder transmiti-lo, temos que saber compreende-lo, temos que saber vive-lo, entendendo que o amor não pode ser estudado, só se aprende na escola da vida, e na verdade, temos que saber aceitar e entender essa idéia, pois ninguém poderá apreciar algo que não aceita, que não consegue entender.

Temos que querer e saber aceitá-lo, com todas suas incongruencias, e é preciso saber recebe-lo em nosso interior. Não podemos duvidar do Amor, e finalmente, para acreditar no amor, temos que estar convencidos de que é o que de melhor nos pode acontecer, e que realmente vale a pena ser vivido.

É preciso saber que o amor exige dedicação e até mesmo alguma renúncia, e mais ainda, é preciso que se tenha certeza absoluta de que não se pode viver sem amor.

O amor tem que ser entendido em sua plenitude. O amor total, que não é somente o amor carnal, mas sim, o amor pela humanidade, abrangendo tudo  aquilo que merece ser amado, desde uma simples queda d'água, até aquela pessoa que nos faz viver melhor e mais feliz.

Para um viver feliz, é imprescindível sabermos libertar a válvula em nosso interior que controla nossos sentimentos.

Saiba amar, saiba ser amado. Saiba viver, enfim, e assim poderá com amor na alma, fazer de cada dia, sempre UM LINDO DIA, por todos os dias que estão por vir no porvir...

19/04/2018

AQUELA AJUDA ESPERADA

AQUELA AJUDA ESPERADA
Marcial Salaverry

Bombardeios, enchentes, terremotos,
vulcões, tsunamis, violencia urbana, terrorismo...
Vendo certas tragédias acontecer,
procuramos entender,
como algo assim foi suceder...
É quando nossos pensamentos
se enchem de lamentos
por quem não tem onde se apoiar,
não sabe a quem apelar,
para a desgraça superar...
Nesses momentos desanimadores,
não sabemos quem vai curar nossas dores...
Pensamos estar abandonados,
à nossa própria sorte jogados...
Porém, sempre aparece uma mão forte,
que modifica nossa sorte,
que nos dá as forças necessárias,
para tudo suportar, e as tragédias superar...
É a força do amor, é a força da fé,
é a força da solidariedade,
do carinho de tanta gente
que aparece para ajudar,
e que essas dores pode aliviar...
É como uma luz que nos guiará,
e assim nosso caminho iluminará,
não nos deixando desanimar,
nem a tristeza nos dominar...
O amor fraterno é a luz
que ainda um resto de esperança traz,
podendo deixar as dores para trás...
E esse Caminho de Luz,
certamente nos conduz
a nosso Mestre Jesus,
cujo exemplo de bondade,
igualdade e fraternidade
inspira àqueles que não hesitam em estender a mão,
mostrando bondade no coração...
Solidariedade, fraternidade, ainda podem existir,
ajudando a melhorar o que está por vir no porvir...


Marcial Salaverry

PARA ENTENDER O QUE É O AMOR

 

PARA ENTENDER O QUE É O AMOR
Marcial Salaverry
 
Para o amor entender,
é preciso bem saber
o amor será amor de verdade,
quando para ter felicidade,
sentir a necessidade
e o desejo de respirar junto,
de estar sempre junto de seu amor,
sentindo assim seu calor...
O amor é aquele sentimento,
que não permite lamento...
é ter aquele desejo
de dar e receber um quente beijo...
De saber que quem ama,
é porque vive,
pois sem amor,
não se sobrevive...
Amor é, ao despertar,
para o lado olhar,
e querer novamente amar...
Amar é simplesmente,
ter aquele desejo quase demente
de estar junto eternamente...
é ficar juntinho,
fazendo um quente carinho...
Basta ficar de mãos dadas,
dizendo palavras apaixonadas...
É mesmo quando calados,
apenas com olhares enamorados,

falarem do amor que levam dentro da alma...

UMA AMIZADE LEAL TORNA MELHOR A VIDA

Amigos para sempre, não deve
ser mera figura de retórica...
Osculos e amplexos,
Marcial
UMA AMIZADE LEAL TORNA MELHOR A VIDA
Marcial Salaverry

Por vezes uma amizade leal nos mostra que é quase vital uma presença amiga quando temos alguns momentos em nossa vida, quando decididamente não sabemos que rumo tomar, e assim com certeza, uma amizade leal pode tornar melhor nossa vida.

São momentos em que não precisamos da presença de um amor ao nosso lado, pois não teremos cabeça para aquela paixão desmedida. Nessa hora queremos apenas um papo amigo, uma conversa amistosa, não queremos beijo na boca, queremos apenas conversar, queremos saber-nos escutados. Nosso espírito está em conflito consigo mesmo, e é quando queremos sentir a presença ao nosso lado, mas não desejamos aquele contato íntimo tão querido. Nosso momento é de introspecção...

Nesses momentos só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou simplesmente o estar ali, lado a lado, transmitindo compreensão, carinho, entendimento, mesmo sem nada dizer. Queremos o carinho amigo, e não a carícia apaixonada.

Nesses momentos tão íntimos, em que não sabemos sequer explicar o porque, mas quando sentimos que estamos mesmo quase chorando, sentindo uma estranha agonia interior, desejamos apenas e tão somente uma presença amiga, que nos ouça com toda a paciência e compreensão, que procure nos animar, que fique brincando conosco, que consiga mesmo nos fazer sorrir, e principalmente, que não faça pouco de nossa tristeza, que a ache mesmo  ser a maior tristeza do mundo enfim, que seja uma amizade leal, sincera, amiga...

Precisamos ouvir palavras de estímulo, e até mesmo de elogio, embora saibamos não serem totalmente sinceras, mas naquele momento, é o que realmente precisamos ouvir, nem que seja o "me engana que eu gosto...", mas também é importante que, se chegar o momento certo, que nos mande calar a boca, ao notar que estamos falando muita besteira, ou se estivermos a ponto de cometer algum gesto impensado, e que seja amigo o suficiente para que, com voz carinhosa, diga simplesmente que nos tem amizade e que está a nosso lado para o que der e vier, mostrando assim, que não estamos sós no mundo, e que alguém não deixará que cheguemos ao fundo.

Precisamos sentir essa mão amiga, da mesma maneira que precisamos ser essa mão amiga quando a situação for invertida.
Se queremos sentir esse carinho amigo quando nos sentimos caídos, temos que saber retribuir, quando formos chamados para prestar esse apoio. Um relacionamento caminha por uma estrada de mão dupla. O que queremos para nós, devemos igualmente fornecer, pois a vida em comum é feita desses momentos de comunhão, em que apenas o amor carnal não é o suficiente. Há que se ter essa ligação espiritual, para que seja cada vez mais forte e duradoura uma relação material. É necessário atingir esse momento de compreensão e carinho, para que se conheça a real importância de uma presença querida sempre ao lado,  ou seja, uma amizade leal...

A vida é feita de momentos os mais diversos. Ora de amor e sexo, ora de amor carinhoso, ora de alegrias, ora de tristezas, ora de momentos em que um diálogo, um aperto de mão é mais necessário do que um quente momento de amor. Temos que saber aceitar esses momentos de nossa parceria, se quisermos que nossos momentos também sejam aceitos.

Assim consegue-se viver relacionamentos duradouros. Assim consegue-se superar todas as crises que podem abalar uma união. E podemos ter certeza de que não são poucas as ocasiões em que desejamos que a terra se abra para nos engolir. E nessas horas, como é importante sentir aquela mão amiga em nosso socorro, não nos deixando afundar no buraco, ficando claro assim, que é importante cultivar-se uma sólida amizade desde o início do relacionamento. E esse amor espiritual, é mesmo mais importante do que o amor carnal.

E é com o calor de uma sincera amizade e carinho, que a todos desejo UM LINDO DIA, esperando que se repita sempre, com a certeza de que uma amizade leal torna melhor a vida...

"Amor e amizade...
Verdadeiro passo
para a felicidade
Marcial Salaverry"

18/04/2018

PENSAMENTO SOBRE O SER MULHER


Alguém poderá dizer que não é hoje
o Dia da Mulher... Mas, na verdade,
todos os dias do ano são "O DIA DA MULHER'...
Então, sempre é válido falar algo sobre
o SER MULHER...
Ósculos e amplexos,
Marcial

PENSAMENTOS SOBRE O SER MULHER
Marcial Salaverry

Do que se conta da História do Mundo, podemos deduzir que Nosso Amigão não quis deixar Adão sozinho no mundo, e então, feita de uma costela de Adão surgiu Eva, a primeira mulher que a história (ou estória?) registra. Assim aprendemos desde os bancos escolares algo impossível de se confirmar, e assim sendo, vamos considerar ser o que realmente houve...

E assim, Eva foi criada por Deus para ser a companheira do homem, que desde sempre julgou ter Eva sido criada para obedece-lo e servi-lo, mas isso ficou só na idéia dele... E como estavam apenas eles no mundo, viviam num Paraíso, mas esse Paraíso transformou-se em trevas, porque ela ousou agir por iniciativa própria, provando do fruto proibido. Mas... Proibido por que? Enfim, era proibido, e ela arcou com as consequências de sua rebeldia.

Posteriormente, teve uma oportunidade para se redimir, e a mulher foi representada por Maria, que dando a luz àquele que traria a Salvação, poderia encontrar a remissão para o chamado Pecado Original, mas outra Maria, a Madalena atrapalhou a purificação da Mulher, e a mulher prosseguiu pagando por algo supostamente feito pela tal da Eva...

Após marchas e contra marchas, tempos e contratempos, o homem descobriu que a mulher ideal seria a Amélia, chamada de mulher de verdade, subserviente, e em sua submissão total, não tinha a menor vaidade, embora em seu íntimo sonhasse com a igualdade, que não lhe era permitida pela prepotência masculina, que sempre lhe jogava em cara ser a culpada pela perda do Paraíso, e tinha suas contas a pagar.

Mas, de repente, não mais que de repente, a mulher decidiu que deveria ser Mulher, e novamente rebelou-se, e foi à luta procurando a igualdade de direitos, que sempre continuaram desiguais, pois das “obrigações domesticas” jamais conseguiu se livrar, e principalmente das dores e problemas da Maternidade.

Mas a Mulher soube superar problemas e contornar obstáculos. Enquadrou as obrigações domésticas, e transformou as dores da Maternidade, em sua maior glória. Uma emoção que homem nenhum jamais conseguirá sentir: SER MÃE.

E a Mulher quis mais, decidiu que a única diferença real que existe entre homem e mulher, é aquela que todos conhecemos, e que deve ser preservada, e pensando assim, resolveu entrar em todos os campos de atividade que antigamente eram exclusividade masculina, seja no campo esportivo, seja no profissional, e até mesmo no pessoal.  diga-se a verdade, mostrando igual ou maior competência. A real qualificação e a qualidade do serviço feito, não é questão de sexo, mas sim, de capacidade pessoal.  Mas a questão salarial ainda é um dos tabus a ser derrubado.

L’Inconnue mandou-me um texto que fala bem do que é SER MULHER:
"Quero minha dignidade. Tenho meus ideais! Hoje não sou só esposa ou filha. Sou pai, mãe, arrimo de família. Sou caminhoneira, taxista, piloto de avião, policial feminina, operária em construção. Ao mundo peço licença para atuar onde quiser, pois se meu sobrenome é Competência, meu nome é MULHER."
Este texto mostra bem quais são as idéias e ideais das mulheres, que conquistaram muitas vitórias, mas ainda falta muita coisa a ser conquistada. Elas ainda têm alguma luta pela frente, mas na verdade, nada tem a provar, pois já mostraram que de tudo são capazes. E o mais importante, é que entraram em atividades ditas masculinas, sem perder a graça e a feminilidade, assim sendo, pode-se dizer que carregam pedras, e ainda conseguem ser sedutoras. Haja capacidade.

Como é um dos 365 dias do ano, este é o Dia da Mulher de Verdade (nada a ver com a velha Amélia...). É um dos dias em que devemos render nossas homenagens ao sexo feminino, que apesar de tudo, sempre conseguem ter UM LINDO DIA..
E revogam-se as disposições em contrário.

"Ser bela e amada, é ser simplesmente mulher; não ser bela e saber fazer-se amar, é sem duvida uma princesa." Ou melhor dizendo, A RAINHA DO LAR...

17/04/2018

BEIJOS/BESOS

Sejam beijos, o sean besos,
é com certeza lo mejor que podemos
ter na vida, desde que sean
sinceros...
Verdad verdadeira...

BEIJOS
Marcial salaverry

Beijos recíprocos... 
Sinto reciprocidade...
Que existe mesmo,
é bom saber...
Ouvir ao ouvido
EU TE AMO,
é o máximo...
Sentir esse amor
em um beijo, é divino...
E viver esse beijo
com sincero carinho e desejo,
é muito melhor ainda...
 ,.,.,.,.,.,..,.,.,.,.,
BESOS  
Marcial Salaverry

Besos recíprocos... 
Siento la reciprocidad...
Que  ella también existe
es muy bueno saber...
Oir al oído
TE QUIERO
es lo máximo...
sentir ese amor
en un beso es divino...
Y vivirlo, con cariño y deseo,
es mejor aún...
 

COMO SERÁ A VIDA SEM AMOR

COMO SERÁ A VIDA SEM AMOR
Marcial Salaverry

Como seria possível a vida sem amor?
Certamente seria uma vida sem sabor,
seria uma vida sem calor...
O amor faz com que a vida,
valha a pena ser vivida...
O amor faz sentir que há felicidade...
O amor também provoca saudade...
O amor nos dá vida ao coração,
e também pode nos tirar a razão...
O amor joga com nossas emoções,
provocando toda sorte de sensações...
Por amor tudo fazemos,
sem amor apenas sofremos...
Dizem que o amor causa dor,
que provoca sempre um certo torpor...
Não creio, mas seja como for,
o amor é e sempre será... O AMOR...
É o mais lindo sentimento,
mas se causa algum lamento,
creiam, é o verdadeiro sentido da vida,
que faz com que ela valha a pena ser vivida...
Sem amor viver, talvez seja melhor morrer...
 

Marcial Salaverry

QUANDO UM AMOR É IMPERFEITO

Amor imperfeito pode ser aquele que não
é integralmente vivido, espiritual e materialmente...
É apenas um amor de aparencia...
Osculos e amplexos,
Marcial

QUANDO UM AMOR É IMPERFEITO
 Marcial Salaverry
Apesar de parecer ser um enorme absurdo falar em Amor Imperfeito, é fato de que ele existe, vamos entender o que poderá ser assim definido, algo que parece coisa de doido, pois depois de falar tanto sobre Amor, amor, amorzinho, amorzão, amorzade, amizade, simpatia, romance e sei mais o que, agora surge o Amor Imperfeito ...

Vamos tentar esclarecer, socorrendo-nos de uma frase dita por  Oscar Wilde que simplesmente é a seguinte:
"A felicidade de um homem casado depende das mulheres com as quais não se casou."
Certamente essa frase é muito interessante, pois dá margem a muitas interpretações.  Analisemo-la pois.

Antigamente era um expediente muito usado. Os homens tinham suas esposas em casa, muito bem comportadas, perfeitas donas de casa e mantinham suas amantes fora de casa, as famosas "teúdas e manteúdas".  Tais fatos não são segredo.  A história apresenta muitos casos desses.  A Marquesa de Santos que o diga...

A felicidade conjugal desses homens dependia sempre da satisfação sexual que obtinham fora de casa, pois suas esposas eram educadas somente para "servi-lo" quase como escravas de luxo.  Tomavam conta da casa, cuidavam de seus afazeres, e eventualmente eram chamadas a "servir o senhor".  Todavia, como haviam sido educadas apenas para tomar conta de seus lares, não conheciam as "artes do amor".  Isso ficava por conta das "damas da noite", como eram chamadas na época.

Isto era antigamente, em priscas eras.  Atualmente a situação é outra,  As mulheres são mais participativas, e evidentemente não se submetem mais às humilhações de outrora.
 
Então a frase de Oscar Wilde perdeu o sentido? Não totalmente, mas a conotação é outra.  E a frase pode ser um pouco modificada para : "A felicidade das pessoas casadas, depende das pessoas com as quais não se casou". E a frase tanto serve para homens como para as mulheres, e até para os indecisos...

Com isso quero dizer que é muito válido que se viva antes de se casar, que se conheçam outras pessoas.  Assim, quando encontrar "aquele alguém" com quem se resolver unir os destinos, saiba-se o que está fazendo.

Assim, verificamos que nosso amigo Wilde sabia o que dizia, e que ainda agora suas palavras encerram uma verdade enorme.
A felicidade de um casamento vai depender da vivência que ambos tiveram antes do casamento, e da certeza que os levaram a fazer a escolha certa.

Antigamente as pessoas quando se casavam mal se conheciam.  Mal conheciam a vida, os segredos da vida.  A educação era super rígida.  Para as mulheres então, o único objetivo era a educação doméstica.  Sexo, nem falar.  Era pecado.  Era vergonha. 

Para os homens restava o "desafogo" fora de casa.  Daí nosso amigo Wilde ter citado esse fato com muita propriedade, aliás.

Hoje em dia, vocês hão de concordar comigo que, com a ligeira modificação feita, a frase continua tendo muito sentido.

A felicidade de um casamento depende então, do que se viveu antes, e, com base nessas experiências pode-se saber que a escolha feita foi a certa.  Então,  "a felicidade de um casamento depende das pessoas com quem não se casou", mas que passaram experiências suficientes que permitam a um casal saber que fez a escolha certa, tendo assim, perfeito conhecimento de que essa escolha foi realmente certa.  Certo?

Essas experiências, que vão permitir definir a diferença entre os amores vividos em que só houve atração física, em que só houve conjunção carnal, para aquele, em que há também e principalmente a união espiritual, que é o que realmente conta para  a felicidade do casamento, para que seja vivido um "Amor Perfeito", em sua total e feliz plenitude.

Bem, com essas e mais outras, desejo a todos UM LINDO DIA, se possível ao lado do "Amor Perfeito", esquecendo todos os "Imperfeitos" antes vividos...